DIY

Tutorial de QCAD

Tutorial de QCAD | relógio cuco

Bem, optei por fazer tutorial de QCAD porque, apesar de não ser complicado, não é intuitivo utilizar um programa de CAD, então não adiantaria muito mostrar projetos cortados a laser se não for possível que você possa por a mão na massa. Outra questão que achei muito importante é o fato de que desenvolver um projeto para cortar a laser tem um procedimento completamente diferente da utilização do programa de CAD para desenho mecânico e se o desenho estiver fora do padrão, muitos lugares sequer aceitam fazer o corte. Tudo será explicado a seu tempo, nesse primeiro vídeo estou mostrando só o básico do básico para começar a mexer na interface.

Já mostrei como traçar engrenagens nesse outro tutorial, mas sei que é difícil começar do nada sem uma ideia do comportamento do software. Abaixo, um print do dxf desse cuco.

Tutorial de QCAD

Na imagem de destaque utilizei o cuco que desenvolvi nele. Ainda estou em processo de montagem, levará um tempo até ficar pronto, mas como pode-se ver, dá pra fazer qualquer coisa e, ao final da série, você estará apto a fazer seus próprios projetos.

Onde baixar o QCAD

Pra começar a utilizar, primeiro é necessário ter o programa, obviamente. Depois que você pegar o jeito, conseguirá utilizar qualquer outro programa de CAD, porque o princípio é basicamente o mesmo. Para começar, faça o download no site oficial ou instale-o pelo gerenciador de pacotes de sua distribuição Linux. Tem versões para Mac e Windows também, alegre-se.

Principais características do QCAD

Eu pago a licença básica dele porque eu realmente tenho um apego a esse incrível programa, mas você pode baixar as versões gratuitas sem perder nada.

Entre as principais características estão:

Camadas

Se você for meio velho, deve saber que os desenhos animados eram feitos em camadas de acetato e sobrepondo-as, compunha-se o cenário e os personagens. Se não tem ideia do que estou falando, vou tentar explicar de outra maneira.

Em qualquer software que suporte camadas, o comportamento é o mesmo; todos os objetos da tela podem ser vistos juntos, mas se estiverem em camadas diferentes, podemos desabilitar uma camada específica para ocultar algo na tela, sem a necessidade de excluir o conteúdo. No caso do CAD, podemos criar uma camada para colocar as medidas das peças através das chamadas “cotas”, então na hora de mandar para corte, simplesmente desabilitamos essa camada e ela será ignorada pela máquina de corte.

Blocos (grupo)

Para um desenho comum pode ter pouca importância, mas para corte laser é quase que fundamental agrupar as partes de um desenho. Por exemplo, essa fachada do cuco tem muitos traços separados, como você pode notar. Quando mandamos para corte, as peças são ajustadas para caber na peça de MDF, conforme a medida comportada pela máquina de corte. Aconteceu comigo mais de uma vez; as peças foram ajustadas e acabou ficando detalhes de fora e com isso acabei tendo que solicitar ajustes. Se a fachada estiver em um grupo, quando for arrastado levará junto consigo todas as partes de sua composição, sem o risco de perder um furinho ou um encaixe.

35 fontes de CAD

Existem padrões para desenho mecânicos normalizados pela ABNT. Nosso foco não será desenho mecânico, apesar de que em alguns casos utilizamos um recurso muito semelhante à projeção ortogonal. Se não sabe de que se trata, ignore.

Ele tem também suporte a fontes TrueType. As fontes podem ser úteis para corte de letras, possibilitando uma variação grande de formatos, mas não estamos querendo reproduzir a tábua dos 10 mandamentos, o objetivo é outro e texto é secundário.

Unidade métrica e imperial

Apesar de ninguém mais usar armadura e catapulta, ainda são muito utilizadas medidas imperiais tanto no Brasil quanto em outros lugares do mundo. Eu particularmente acho contraproducente e desconfortável; 1 polegada é igual 2,54mm. Daí tem lá 3/8, que é 2,54/8*3. Chato. 

Suporte a formato DXF e DWG

Tanto para abrir quanto para salvar, ambos os formatos são suportados. Nos exemplos utilizarei apenas .dxf.

Montes de ferramentas

O QCAD tem mais de 40 ferramentas de contrução para agilizar o processo de desenho. Em algum dos artigos de QCAD vou mostrar como isso pode fazer diferença. 

Ele também possui mais de 20 ferramentas de modificação. Dessas ferramentas todas estão as ferramentas de ponto, linhas, arcos, círculos, elipses, splines, polilinhas, texto, dimensão, hachuras, preenchimento e rasterização de imagens. Também possui uma biblioteca com mais de 4800 partes, ou seja, é uma ferramenta incrível!

Documentação

Obviamente uma ferramenta desse nível tem uma boa documentação também. Nesse link você pode baixar um livro oficial para um passo a passo bem lento (leitura em inglês).

Mãos à obra

Por ser algo dinâmico, tratarei dos tutoriais em video, por isso recomendo que entre no canal DobitAoByteBrasil, inscreva-se e clique no sininho para receber notificações. Se possível, deixe um like, por estou certo que haverá mais negativações do que likes, um vez que o processo não é mágico e demandará vários videos até chegar no objetivo. O primeiro video já está lá!