15 de maio de 2021

Do bit Ao Byte

Embarcados, Linux e programação

Tablet One by Wacom e Krita para animação e ilustração

One by Wacom

Minha mão está doendo. Não faço ideia de quantas horas passei desenhando no Krita usando meu primeiro tablet (atualmente popularizado como “mesa digitalizadora”). O tablet One by Wacom é o modelo de saída que não deixa a desejar para quem gosta de arte digital. A área é satisfatória, tem uma resolução espetacular e a caneta tem 1024 níveis de pressão, o que permite trabalhos artísticos de altíssimo nível, dispensando o papel e tinta.

Tablet One by Wacom no Ubuntu 20.04

Preparei câmera, preparei roteiro, iniciei a gravação do desktop e por fim, conectei o tablet ao notebook. E acabou aí, porque o Kubuntu configurou o tablet imediatamente, disponibilizando inclusive um programa de ajustes. Meu caro, Linux em 1997 era instalado na base do prego e martelo; acredite no que digo, hoje o Linux é mais fácil de usar do que Windows, tanto pelo suporte nativo a uma vasta gama de hardware como em praticidade de instalação de software. E pra quem tem dedo atrofiado, praticamente tudo é grátis – inclusive esse programa que referencio hoje.

Enfim, no Linux você poderá usar o tablet no Gimp e no Krita, garantidamente suportado, pois testei em ambos. Mas Gimp aqui é só pro básico porque desde sua criação eu acho sua interface horrível e o modo de usar é horroroso. Nunca pensei que teríamos um software gráfico de qualidade para Linux justamente por causa do Gimp, que há tantos anos não logrou êxito até agora. Não há a menor possibilidade de fazer comparativo entre o Photoshop e o Gimp.

Krita vs Photoshop

One by Wacom

Agora quanto ao Krita, meu caro, está lado a lado com o Photoshop no que diz respeito à ilustração. Mas o Krita ainda tem algumas vantagens, como animação 2D, multiplataforma, leve, trabalha híbrido com raster e vetores e a cereja do bolo – é grátis! De graça! For free!

Pensei em fazer um vídeo, mas poucos têm paciência para ver o processo de ilustração, e com certeza isso derruba a retenção no Youtube, então fica só no artigo, exceto se um determinado número de leitores pedirem o vídeo.

O Krita tem uma vastidão de pincéis, trabalha com camadas, tem efeitos Fx que são exatamente como os do Photoshop. Fazer animação nele é fácil, mas desenhar uma animação é bem trabalhoso, ainda que havendo reaproveitamentos. Mas para fazer gifs acho que motiva bastante, então recomendo dar uma olhada. Claro, dá pra desenhar usando mouse, mas tentei desenhar com meu mouse gamer Hero G502 da Logitech e não dá conta de fazer um bom trabalho. O que falta principalmente é o toque manual, que permite realmente dizer que o desenho é artístico, e isso só se consegue com um tablet, por isso recomendo o One by Wacom, para quem está começando ou mesmo para quem não quer gastar muito.

Para quem quiser experimentar, a versão mais atual está disponível em binário estático diretamente no site do Krita.

 

Revisão: Ricardo Amaral de Andrade