20 de janeiro de 2022

Do bit Ao Byte

Embarcados, Linux e programação

Switch box VS kvm VS hub USB

switch box

Esse é um assunto meio estranho para discorrer a respeito, mas não há melhor lugar que um blog de tecnologia. Nesse artigo quero tratar de 3 dispositivos importantes para quem trabalha com computadores (“computadores”, no plural mesmo). Vamos do hub, para o KVM e enfim, o switch box.

hub USB

Um hub USB é um concentrador de dispositivos que, se não todos, a maioria de nós conhece. Tratando-se de laptop, temos poucas portas disponíveis e tradicionalmente temos muitos dispositivos USB. Como uma porta USB se limita a pouca corrente, existem modelos de hub USB que fornecem mais alimentação, como esse meu tp-link de 7 portas. Comprei tampas de porta USB para evitar formigas fazendo ninho. Do lado direito estão jogados alguns cravos, que espantam formigas. Confie em mim, foi 100% efetivo.

switch box é melhor que hub usb

Switch KVM

Em meados dos anos 2000 trabalhei em uma empresa espanhola da qual gerenciava quase 2 centenas de computadores em um CPD. Não dava pra ter teclado, mouse e monitor para todos; não por causa de dinheiro, mas por questão de espaço mesmo. O que fazíamos então era conectar switches KVM, que é um dispositivo no qual podemos entrar com teclado, mouse e monitor. Bem, na época era PS2, mini DIMM e VGA, mas hoje em dias tem switches KVM com HDMI e USB. O legal de usar USB é que expandiu o número de periféricos para tantos quanto existir!

Um teclado, mouse e monitor conectados a esse switch pode ser compartilhado entre N computadores, onde “N” depende da capacidade do KVM, a partir de (claro) 2 computadores, conectados à saída do KVM. A seleção do computador que se comunicará com os dispositivos conectados é feita através do botão de seleção.

switch box ou usar kvm ?

Switch box

Bem, tiraram do KVM o monitor, deixaram as interfaces USB, fazendo um switch e adicionaram o chaveamento; esse é o switch box. Há uma entrada para alimentação, portanto dispositivos “famintos” também podem ser conectados a ele, não apenas teclado e mouse. Com isso, conseguimos compartilhar todos os dispositivos USB imagináveis, tendo até 4 portas de entrada nesse modelo abaixo, com saída para 2 computadores.

switch box egreen

Aqui tenho meu hub USB conectado a 1 porta do switch box, de modo que tenho 7 portas do hub e mais 3 do switch box, totalizando 10 portas, que podem ser chaveadas entre 2 computadores. Com isso tenho minha mesa digitalizadora, teclado, mouse e caixa de som compartilhados entre o laptop de trabalho e o laptop pessoal. Mas, e o monitor? – Respondo fácil! Meu monitor ultrawide tem duas entradas HDMI e posso chavear o computador por ele mesmo. Com isso economizo uma grana, usando apenas o switch box, mas confesso que valia a pena ter gasto um pouco mais e deixar uma saída livre, além de chavear tudo através de 1 clique. Só que nem sempre preciso do monitor adicional, portanto não é tão impactante ter que chaveá-lo ora ou outra.

Minha sugestão é que se precisa compartilhar periféricos, opte por um KVM ou um switch box, considerando sempre um hub USB!

Vídeo

O vídeo apresentando o estúdio de gravação que montei contempla também esse dispositivo e está em fase de edição. Aproveite e inscreva-se no canal DobitaobyteBrasil no Youtube, clicando também no sininho para receber notificações e ver que espetáculo trabalhar e produzir material utilizando os recursos que tenho atualmente!

Nessa linha, escrevi também o artigo sobre como fazer streaming com a Canon Rebel T7+ usando outro periférico, que também apresentarei no vídeo. Aproveite pra fazer uma leitura vertical!