Eletronica

Sensor UV – ML8511, GUVA-S12SD, UVM-30A

sensor uv - guva-s12sd ml8511 e uvm-30a

Pensou em aplicar sensor UV a algum projeto ou ainda nem pensou nas possibilidades? Bem, opções não faltam.

Aplicações do sensor UV

Já há muitos anos estamos cientes da necessidade de proteção contra os raios UV, mas existem horários e lugares onde esse índice de radiação pode ser maior ou menor. Claro que para lugares recreativos onde se paga ingresso não é desejável sequer insinuar que as pessoas não deveriam estar ali. Mas em parques públicos, centros de cidades e até mesmo no quintal de sua casa (para saber se é propício curtir a piscina, por exemplo) esses sensores são bastante auxiliadores.

Onde comprar

Todos os modelos descritos de sensores UV estão disponíveis na CurtoCircuito, com código de exemplo de utilização em seu blog. Acesse o site e procure por sensores no menu da esquerda.

Sensor UV UVM-30A e GUVA-S12SD

Ambos tem as mesmas características e formatos semelhantes. Trabalham tranquilamente em 3v3 e 5V, cabendo apenas porporcionalizar a saída da leitura analógica conforme o nível lógico e resolução do AD. Isso significa que em um Arduino UNO a leitura teria uma resolução de 1024 (10 bits) em nível lógico de 5V. A partir desses valores, aplica-se uma equação básica e define-se o nível de UV especificado em uma tabela.  Escrevi códigos de exemplos para todos esses sensores, devem sair em breve no blog da CurtoCircuito, acompanhe.

Sensor UV ML8511

Não que seja tão diferente, mas particularmente achei bem interessante esse sensor. Seu circuito é bastante reduzido e seu nível lógico é 3V3. Mas isso não significa que algum circuito adicional seja necessário.

Qual escolher?

Todos eles são analógicos, não há muito o que se fazer em relação à resolução, uma vez que a tabela define os índices de UV, divididos em 11 categorias.

Considerando a relação próxima entre eles, levar em conta os pinos a utilizar, o acoplamento em um circuito eletrônico ou em um case podem ser os parâmetros que definirão a escolha.

UVM-30A

O mais estranho (e por isso acho o mais interessante). O sensor fica elevado sobre o circuito, possui apenas os pinos VCC, GND e OUT (saída analógica). A referência dos pinos está impressa dos dois lados da placa.

Sensor UV UVM30

GUVA-S12SD

Bonitinho e possui praticamente as mesmas dimensões do UVM-30A, além de contar com os mesmos pinos; VCC, GND e OUT. A disposição dos pinos é diferente e a referência está impressa de apenas um lado da placa.

sensor uv guva

ML8511

É o menor, possui mais pinos, nível lógico 3V3. Pinout silkado de apenas um lado da placa.

Conclusão

Não posso fazer referências sobre durabilidade ou estabilidade dos sensores porque os tenho há pouco tempo e não ficarão em execução por longa data. Me “parece” que o UVM-30A é mais elaborado, todos seus componentes ficam por trás do circuito elevado. O GUVA-S12SD é um sensor barato, tanto quanto o ML8511 e podem ser boas opções também. Eu concluirei recomendando todos; se você é maker, certamente gostará de tê-los em sua coleção.

Até a próxima!