24 de setembro de 2021

Do bit Ao Byte

Embarcados, Linux e programação

RPi Pico no PlatformIO no VSCode

RPi Pico no PlatformIO

Esse artigo vai ser um pouco diferente do habitual, sendo que a parte fundamental é o vídeo, que é a mão-na-massa. Isso porque fiquei com preguiça de fazer um setup para depois escrever o processo, como sempre faço. Dessa vez você terá a oportunidade de ver na íntegra o sofrimento de preparar um setup pela primeira vez. Vejamos agora a RPi Pico no PlatformIO.

Raspberry Pi Pico no PlatformIO

Confesso que nem olhei se é muito recente, mas da primeira vez que procurei, não havia suporte no PlatformIO. Com esse suporte podemos programar a RPi Pico como se fosse um Arduino, usando a tradicional API que utilizamos há tantos anos – e com a vantagem de maior compatibilidade com as bibliotecas, instaláveis através do repositório oficial!

SWD na RPi Pico com JLINK

Essa é uma parte que infelizmente não trago boas notícias. Apenas alguns modelos da SEGGER tem suporte a multi-dropping. Conforme os desenvolvedores da SEGGER disseram, Estão usando multi-dropping para gerenciar os 2 núcleos da MCU, o que não faz nenhum sentido e também o multi-dropping não foi modelado para isso. De qualquer modo, a partir da versão (já lançada) “.98” temos o QSPI implementado. “Mas” no VSCode a versão ainda é um pouco anterior e não sei dizer por enquanto se esse JLINK genérico suportará QSPI. Mas não tem nada, porque serve inclusive para programas MCUs Cortex M0, desde que não faça uso do multi-dropping.

No vídeo estou dispondo toda a configuração e as descobertas, conforme fui implementando. Em um próximo artigo e vídeo mostrarei como usar o JLINK com STM32, mais especificamente a Blue Pill.

C++ ou MicroPython?

Tenho visto montes de artigos usando MicroPython. É mais fácil programar, tem um prompt REPL que facilita teste e debug e dá pra fazer coisas bem interessantes, como o gerenciador de boot desse artigo. Porém temos uma vastidão de bibliotecas na API do Arduino e tendo agora a RPi Pico no PlatformIO, me parece mais prático continuar programando no “estilo Arduino”.

Vídeo

O vídeo estará disponível em nosso canal no Youtube assim que eu terminar de editar, iniciando logo após a publicação desse vídeo. Se não é inscrito ainda, aproveite para se inscrever. Em cada vídeo estou fazendo bastante esforço para adicionar “mimos” visuais para não cansar com a parte técnica, por isso a redução de publicações, já que estou estudando intensivamente o editor de vídeos Da Vinci Resolve.

RPI Pico e JLINK

A RPi Pico você encontra na Robocore e o JTAG você encontra na Werneck Eletronics. Esse JTAG foi o oitavo artigo da série Laboratório Maker. Confira a série e veja o que já tem em seu laboratório!