Quarentena Maker – Dia 1: Conectividade com powerline

O que eu mais temia aconteceu; estou recluso em casa com minha esposa. Ela está trabalhando remotamente e tentou tomar minha mesa. Após uma longa batalha, consegui manter meu território, porém ela levou consigo minhas economias por conta de um powerline.

Trabalhar de casa (para quem tem essa possibilidade) é fundamental nesse período, mas o requisito mínimo realmente é a conectividade. Bem, ela está no andar superior da casa e os roteadores WiFi estão na sala. O cômodo que ela escolheu é o pior em relação a sinal; um repetidor para o ponto desejado foi a solução pensada, mas não pode ser qualquer roteador devido à ausência de tomadas nas escadas. Por essa razão, optei por uma tecnologia pouco difundida, que conheci em 2001; a PowerLine Connection – cujo acrônimo conflita com nosso conhecido PLC.

powerline

Conectividade com Powerline

Para levar o sinal até o piso superior sem pendurar fios pela casa, o powerline foi a primeira solução que me ocorreu. Trata-se de internet trafegando pela rede elétrica, com um único requisito; ambos os pontos de entrada e saída do sinal devem estar na mesma fase. Na saída, o sinal é convertido para WiFi e tudo fica transparente. Na entrada, um cabo de rede vai do roteador ao ponto de conexão elétrica. Comprei um simples da D-Link, com capacidade de 200Mbps; mais que suficiente para navegação.

Esse dispositivo powerline pode ser comprado pelo Mercado Livre e “deve” ser comprado com seu par.

Configuração

A configuração é simples. O maior dos módulos é o roteador. Ele deve ser conectado à porta de rede do seu roteador WiFi, como se fosse um computador navegando por cabo de rede. Os cabos de rede acompanham o produto.

Se quiser ser vagabundo como eu fui, no primeiro momento não precisa fazer nada. O módulo powerline maior está conectado ao cabo de rede, que por sua vez está conectado ao roteador doméstico. O módulo menor está conectado à tomada em outro cômodo. Conectei um cabo de rede ao módulo menor e então ao notebook de minha esposa. Pronto, conexão feita.

powerline ap

Para conectar-se ao WiFi, juntamente com os módulos vem um cartão especificando endereço, rede, senha e login de gerenciamento. Sobrevivi ao dia 1.

Quarentena Maker: Dia 1
“Tudo bem, já temos conexão em todos os cômodos da casa graças ao powerline. Já posso inclusive levar o notebook para o banheiro. Minha esposa está trabalhando no andar superior, o que significa que posso continuar em paz com meu PS4.”

 

 

 

Djames Suhanko

Djames Suhanko é Perito Forense Digital. Já atuou com deployer em sistemas de missão critica em diversos países pelo mundão. Programador Shell, Python, C, C++ e Qt, tendo contato com embarcados ( ora profissionalmente, ora por lazer ) desde 2009.