2 de dezembro de 2021

Do bit Ao Byte

Embarcados, Linux e programação

Programar a RPi Pico no VS Code

RPi Pico no VS Code | Programar a RPi Pico | OpenOCD e GDB | OpenOCD no Raspberry

No artigo anterior vimos como se inicia um processo de depuração remoto, mais especificamente da Raspberry Pi 400 para a RPi Pico. Não acabou, vamos evoluir o tema, mas precisamos montar as peças desse mosaico na ordem certa. Por essa razão, vamos agora programar a RPi Pico mo VS Code, que é a mais espetacular IDE de desenvolvimento que temos para Linux hoje em dia.

Se não leu os 5 artigos anteriores, vale dar uma conferida. Essa série está tratando de programação em C/C++ e Python, partindo de uma Raspberry Pi 400 para uma Raspberry Pi Pico. Ambas você encontra em um mesmo lugar, que claro, tinha que ser a Saravati, cujo link para o site é esse.

Visual Studio Code “manual” e “automático”

Para nosso objetivo, não há necessidade de nenhuma configuração manual, supondo que a série está sendo seguida com uma Raspberry Pi 4 ou Raspberry Pi 400. Mas se você tem versões anteriores da Raspberry Pi e quer usar o VS Code também, o processo é simples.

Seguindo os artigos anteriores dessa série para programar a RPi Pico, o VS Code já deve estar instalado em sua Raspberry Pi 400 e poderá ser encontrada no menu, ou digitando code em um terminal. O terminal não é fundamental para usar o sistema, mas é um atalho no mínimo confortável para quem gosta de fazer as coisas na velocidade do pensamento; ou pelo menos mais rápido do que “orientado a mouse”.

Da Raspberry Pi 3 para trás, baixe a IDE daqui.

Tendo baixado, abra um terminal, entre em Downloads e instale tanto o VS Code quanto alguns plugins:

cd ~/Downloads
sudo dpkg -i code_*
code --install-extension marus25.cortex-debug
code --install-extension ms-vscode.cmake-tools
code --install-extension ms-vscode.cpptools

Vale ressaltar também que os plugins podem ser instalados pela própria IDE, através de um ícone na barra de menus à esquerda da janela. Só é mais direto instalar por linha de comando.

Programar a RPi Pico com VS Code na RPi 400

Não vou entrar em detalhes do processo manual de configuração do ambiente para desenvolvimento da RPi Pico a partir de outras versões do Raspberry que não a RPi 400, desculpem, mas não podemos criar laços com o passado.

Abrindo o VS Code, já podemos carregar um projeto. Para isso, use a combinação Ctrl+Shift+E e “Open Folder”. O diretório contendo os exemplos está em /home/pi/pico/picos-examples. Carregue-o.

Tudo deve estar pronto em seu sistema e em alguns segundos o CMake deve solicitar uma pré-configuração. Confirme com Yes assim que acontecer.

O próximo passo é selecionar o compilador GCC arm-none-eabi no centro superior da janela. No rodapé tem um ícone de build, que você poderá clicar após seguir os passos anteriormente descritos. Nesse caso, todos os exemplos serão construídos (ou clique em All no rodapé). Aparecerá um menu drop down para selecionar um projeto e agora poderemos selecionar, por exemplo, “hello_usb”, que seria o processo descrito na documentação oficial da RPi Pico para C/C++. Há também a opção de selecionar Debug e Release. Debug, para depuração, claro. E nesse caso, usando o SWD. “Claro” de novo.

Até aqui já deve ser possível ver uma janela assim:

Programar a RPi Pico

Agora já podemos editar o respectivo código usando o VS Code. Também já podemos fazer depuração de forma semelhante a depuração com ESP-Prog desse vídeo. Porém quero mostrar algo “muito” mais fácil, que ficará para o próximo artigo, onde já iniciaremos a depuração na RPi Pico usando VS Code.

Vídeo

O vídeo do artigo anterior está em produção e recomendo que assista os vídeos. Além dos vídeos serem diretos e curtos, os cuidados com edição tem sido cada vez maiores e se comparar o último vídeo com 30 vídeos passados, já notará uma diferença significativa. Dito isso, que tal se inscrever em nosso canal DobitaobyteBrasil no Youtube?

Tem outro canal que estou iniciando e preciso chegar aos 100 inscritos; se gosta de edição ou gosta de apoiar iniciativas como essa, inscreva-se no canal Da 20 Resolve para que eu atinja a meta, valeu? Está devagar porque “me faltam braços”, mas já tem algumas coisinhas lá.

Até a próxima!