MDF flexível utilizando patterns

Informação é o primeiro requisito para se criar algo. Quanto mais técnicas tivermos, melhor será o resultado de nossas criações. Nesse artigo vou apresentar um recurso atraente para tornar o MDF flexível utilizando patterns.

MDF flexível

Com o padrão apresentado na imagem de destaque desse artigo, o MDF se torna flexível em todas as direções. Diversos tipos de padrões são aplicáveis, inclusive unidirecionais, para fazer curvas em caixas, por exemplo.

O MDF flexível não é uma mágica, continua sendo madeira e não dá pra utilizar ele para fazer esteira para robôs, por exemplo, devido à perda de resistência e quebra das fibras com movimentos constantes. Mas se for utilizado para abajures, cestos, caixas, cases e outros cuja forma seja estável, pode-se obter um resultado visual bastante agradável.

Nesse artigo apenas estou introduzindo o conceito para deixar sua mente trabalhar, mas já tenho um projeto em que será necessário utilizar esse recurso para dar a forma ideal; farei uma biga e uma surpresa extra que substituirá o cavalo.

Como tudo tem prós e contras, vou discorrer a respeito para tentar ao máximo deixar claro onde é possível ou viável aplicar o recurso.

Prós do uso de patterns em MDF e outros materiais rígidos

Até pouco tempo só se via caixas de artesanato cortados em MDF. Por mais detalhado que seja, essas caixas de MDF são apenas caixas. Utilizando patterns para dar flexibilidade à madeira, acrílico, PETG e outros, nos permite criar trabalhos com visual mais bonito.

MDF flexível

Se utilizado para cases de placas como Raspberry, Orange Pi, Banana Pi, ESP32, módulos relés e afins, temos a vantagem de estar criando uma área para ventilação, pois o ar poderá vazar pelos espaços entre os cortes.

Utilizando patterns para tornar o MDF flexível nos dá a possibilidade de criar projetos como marble machines, que em muitos casos usam dutos para conduzir as bolinhas até um determinado ponto do circuito.

Graças a esses padrões, podemos criar vestíveis também, como pulseiras, colares, cintos, bolsas etc.

MDF flexível

 

Já no caso de caixa, dependendo da área de curvatura, padrões mais simples pode resolver a questão com menor ônus. A caixa a seguir é um exemplo de um padrão simples e confere um visual bastante agradável, ainda assim.

MDF flexível - caixa

Um exemplo de pulseira bastante flexível, ideal para wearables é o da imagem a seguir. Ela pode ser feita mais larga ou mais estreita e com um trabalho adicional, podemos compor o vestível com um recipiente para eletrônicos, podendo fazer até um smartwatch com ESP32, por exemplo.

MDF flexível - pulseira

Sua imaginação é o limte!

Contras do uso de patterns em MDF e outros materiais rígidos

Bem, não é exatamente um “contra”, mas dependendo da complexidade do padrão, o tempo de corte deve aumentar consideravelmente. A imagem a seguir (também é a de destaque) levou 15 minutos para finalizar. Dá pra reduzir o tempo, tenho certeza, porque eu percebi que utilizei mais potência do que o necessário. Nesse caso, eu poderia aumentar a velocidade de corte e talvez até reduzir um pouco a potência. Mas esse foi meu primeiro corte, usei um valor médio e nos próximos cortes devo começar a me adaptar bem o suficiente para otimizar o resultado.

manta

A questão é que quanto mais cortes, maior o tempo, não há mágica. De qualquer modo, o MDF flexível solucionará diversos limitantes que outrora tornavam o material inviável para diversos tipos de projeto.

Apesar dos padrões tornarem o MDF flexível, ele não poderá ser utilizado para esteiras. Talvez em um raio consideravelmente aberto, sim, possa ser utilizado por um tempo, até apresentar um projeto escolar ou algo do tipo.

Por ser o primeiro corte, não tive ainda a oportunidade de experimentar em outros materiais (que inclusive não os tenho) como o PETG. Futuramente devo apresentar algumas possibilidades, mas esses outros materiais (como também o acrílico) tem um custo consideravelmente superior ao MDF. Aí entra uma questão bastante importante; o custo deve ser repassado ao cliente. Se ele optar por um determinado material com pattern, o custo de hora/máquina, material e mão de obra deverão ser pagos, afinal o corte laser não é um serviço comunitário; trata-se de um trabalho, certo?

Download do pattern para MDF flexível

Conforme eu for criando, disponibilizarei nesse repositório. O da imagem de destaque já está lá, em formato dxf. Adapte o formato para seu software de corte.

CNC laser da ECNC

Se utilizar uma CNC laser de baixa potência, provavelmente o tempo de corte deve ser maior. Além disso, tem a questão da área de corte, que pode ser um limitante para seu projeto, uma vez que projetos que dependam de raios tem um perímetro maior.

A L-560 é a CNC laser de saída da ECNC, com área de corte de 50×60, permitindo trabalhos bem mais elaborados, sem falar da qualidade do hardware. Se ainda não conhece, sugiro a leitura desse artigo, com link para vídeos relacionados.

Vídeo demonstrativo do MDF flexível

Para não ficar só na imagem, fiz um singelo vídeo de 19 segundos mostrando um pouco da flexibilidade desse padrão da imagem de destaque, que pode ser visto nesse link do nosso canal DobitaobyteBrasil no Youtube. Se não é inscrito, inscreva-se e clique no sininho para receber notificações, grandes projetos virão!

 

Djames Suhanko

Djames Suhanko é Perito Forense Digital. Já atuou com deployer em sistemas de missão critica em diversos países pelo mundão. Programador Shell, Python, C, C++ e Qt, tendo contato com embarcados ( ora profissionalmente, ora por lazer ) desde 2009.