Raspberry

Introdução ao Dialog com Python

Dialog com Python

No artigo anterior relacionado vimos como criar um menu para interagir com o usuário e/ou para agilizar nossa interação com o sistema. Bem, mostrei o uso do Dialog com shell script e nesse artigo farei uma introdução ao Dialog com Python.

Dialog com Python

Em shell script o Dialog é um programa independente. Em Python o Dialog é uma biblioteca a ser importada dentro do programa. Para instalá-la, deve-se escolher a versão (Python 2 ou Python3):

Aproveite para instalar o bpython, um programa para escrever código Python “in flow”, que permite ver o resultado enquanto se está programando, além de ter auto-complete e informações dos recursos utilizados.

Nos exemplos estou utilizando Python2, mas deve ser exatamente o mesmo para a versão 3.

Abra um terminal e digite:

Comece incluindo a biblioteca Dialog e o locale. Instancie e execute a primeira janela:

Ao apertar o último enter, o resultado deve ser algo como:

Dialog com Python

A comparação da flag de retorno pode ser dialogo.OK ou Dialog.Ok, além de “ok”. Considerando isso, vamos criar um checklist:

A última janela deve resultar em algo como:

Dialog com Python

A variável tags é uma lista dos itens selecionados, de modo que para saber as opções escolhidas é só consultar a lista.

Colocando isso após confirmar que o último status foi ok, deve resultar em algo como:

Dialog com Python

Mas usar Dialog com Python é praticamente o mesmo que utilizar com shell script. Desse modo, basta ler a documentação para saber as opções. Quanto aos parâmetros, o próprio bpython lhe auxiliará. Além das tradicionais chamadas do Dialog em shell, a versão para Python oferece montes de recursos a mais, como por exemplo:

O que resulta em um menu editável:

Dialog com Python

Não tem segredo, é só começar a brincar no bpython para dominar! Tem treeview,, inputmenumixedgauge, seletor de diretórios e muito mais, como pode ser visto nesses screenshots.

Divirta-se!