17 de outubro de 2021

Do bit Ao Byte

Embarcados, Linux e programação

Gravar terminal no Linux

gravar terminal no Linux

Principalmente útil quando estamos acessando um sistema por SSH, se desejarmos gravar terminal no Linux (Raspberry, desktop etc) temos diversas opções. E o mais legal é que isso ocupa uma fração do que ocuparia um vídeo. Outra vantagem é que invés de descrever uma série de comandos em uma lista, podemos simplesmente gravar o terminal e depois deixar que outra pessoa reproduza o processo ou então podemos documentar o que foi feito, apenas dando play na gravação. Para quem produz vídeos para o Youtube, é uma mão na roda, pois um processo experimentado não precisará ser desfeito para que possa ser refeito; grave o terminal e depois de concluído o processo, faça a edição com a reprodução. A reprodução não executará de fato todos os comandos.

Algumas pessoas torcem o nariz para shell, mas podemos fazer até comunicação socket remota sem programar ou usar 1 programa que seja.

Gravar terminal para perícia forense digital

Até para a perícia forense digital pode ser útil, considerando que o procedimento pode servir como evidência do processo de coleta de artefatos na imagem de um sistema operacional, por exemplo. Claro que isso envolve mais um monte de fatores, como local em que a coleta está sendo feita, se quem está fazendo tem fé pública ou se quem está fazendo está sob os olhos de alguém que tenha fé pública etc.

Programas para gravar terminal no Linux

Se fosse por falta de um, tem vários. Um deles é o Tlog, que pode ser baixado pelo repositório de pacotes de sua distribuição Linux, seja x86, MIPS ou ARM. Mas não é o único e, em minha opinião, nem é o melhor. Penso que o mais simples é o melhor; sem complicação para quem quer apenas usar.

Outro programa usado para gravar sessões de terminal é o TermRecord, com repositório aqui.

Nomes intuitivos são melhores para se lembrar posteriormente, mas nada que um alias no .bashrc não resolva. De qualquer modo, outra opção é o asciinema, que pode ser executado com:

asciinema rec

E para sair, exit ou Ctrl+D. Mas estou utilizando o ttyrec, que é bastante intuitivo e é o que recomendo para gravar terminal no Linux.

Instale-o como qualquer outro pacote padrão:

sudo apt-get install ttyrec

E agora basta executar o comando ttyrec para começar a captura, que gerará um arquivo chamado ttyrecord no nível de diretório em que o programa for executado. Quando quiser finalizar a gravação, use o comando exit. Simples e objetivo. Para tocar a gravação, use ttyplay ttyrecord.

É uma boa ferramenta fins de aprendizado, descrevendo um processo para um novo membro da equipe – servindo assim como documento do procedimento a adotar. Enfim, são muitas as aplicações, divirta-se como desejar!