Configurando servidor DHCP em Linux para uma rede doméstica

bot de rede | tux - Linux Counter | horário de verão

Percebi que após o post sobre configuração do bind9 para resolução de nomes na rede local, apareceram algumas consultas relacionadas a configuração do servidor DHCP, então resolvi aproveitar para escrever um post de como fazer uma configuração bem simples do servidor DHCP para uma rede doméstica, incluindo a atribuição de IP por MAC address.

Mãos à obra

O primeiro a fazer é instalar o servidor DHCP; toda minha configuração é baseada em Debian:


apt-get install dhcp3-server

Tenha em mente que a máquina que distribui IPs deve ter IP fixo.
Em /etc/dhcp/dhcpd.conf tem vários exemplos de configuração, então é extremamente simples colocar o serviço para rodar. A configuração básica para uma rede doméstica, considerando o exemplo do post sobre bind9 utilizando 172.0.0.0/24.

Configurando sessão DHCP


subnet 172.0.0.0 netmask 255.255.255.0{
    range 172.0.0.2 172.0.0.254;
    #indicando o bind9 do post anterior
    option domain-name-servers 172.0.0.1;
    #nome do dominio local
    option domain-name "intranet.local";
    #a saida padrao para a internet, por exemplo, o router wi-fi
    option routers 172.0.0.1;
    #duracao do emprestimo do ip
    default-lease-time 600;
    max-lease-time 7200;
}

Essa configuração é o suficiente para um servidor funcional, mas ainda faltam as atribuições de IP pelo MAC. Nesse caso, reserve um pouco dos IPs para atribuições por MAC e adicione o bloco de atribuição por MAC ao final do bloco da declaração da subnet. A configuração ficará como no exemplo a seguir.

Atrinbuição de IP por MAC address


subnet 172.0.0.0 netmask 255.255.255.0{
    range 172.0.0.2 172.0.0.100;
    #indicando o bind9 do post anterior
    option domain-name-servers 172.0.0.1;
    #nome do dominio local
    option domain-name "intranet.local";
    #a saida padrao para a internet, por exemplo, o router wi-fi
    option routers 172.0.0.1;
    #duracao do emprestimo do ip
    default-lease-time 600;
    max-lease-time 7200;

    #atribuindo IP ao Raspberry
    host raspberry {
        hardware ethernet 01:02:03:04:05:06;
        fixed-address 172.0.0.101;
    }
}

Agora em /etc/init.d edit o arquivo isc-dhcp-server e adicione a variável INTERFACES com o parâmetro de interface correspondente ao servidor DHCP. Por exemplo:


INTERFACES="eth0"

Depois:


service isc-dhcp-server start

No exemplo de atribuição por MAC coloquei apenas 1 dispositivo. Para saber o respectivo MAC, dependerá do sistema que estiver utilizando. Em linux pode pegá-lo facilmente com:


ifconfig eth0|sed -re  '/(HWaddr[[:space:]])([[:digit:]]+?){5}/!d ; s/wlan0(( .*){0,}Link.*)(HWaddr[[:space:]])(([[:digit:]]+?){5})/4/g '

Ok, um pouco de exagero. Faça apenas ‘ifconfig eth0 e pegue o MAC em HWaddr se não quiser utilizar a regex acima.

Similarmente em Windows, digite ‘ipconfig’. No roteador Wireless, consulte a interface web. Simples assim!

Esse tipo de configuração também é possível em muitos roteadores Wireless, especialmente os que utilizam o sistema Linux WRT, porém sua configuração é mais simples ainda, feita totalmente por interface web. Com certeza esse post lhe servirá de guia para essa configuração, divirta-se!

Se gostou, não deixe de compartilhar; dê seu like no video e inscreva-se no nosso canal Do bit Ao Byte Brasil no YouTube.

Prefere seguir-nos pelo facebook? Basta curtir aqui.

Prefere twitter? @DobitAoByte.

Próximo post a caminho!

Deixe uma resposta