Arduino

Programar Arduino usando CodeBlocks

Vou começar agorinha a escrever uma biblioteca para um materia de artigo e para escrever biblioteca eu prefiro usar o Atom com PlatformIO porque na IDE do Arduino não é prático. Mas, por alguma razão minha IDE do Atom está com algum bug relacionado ao PlatformIO. Invés de tentar arrumar isso agora, resolvi utilizar uma outra IDE que gosto muito; o CodeBlocks. Mas para programar o Arduino, integrei com o PlatformIO. Já que fiz isso, aproveitei para escrever um artigo aos que desejam experimentar algo diferente para programar.

Instalação



Primeiramente, você precisa ter ambos instalados em seu sistema. Só uso Linux, mas ambos estão disponíveis para outra plataforma.

O CodeBlocks você pode pegar aqui. O PlatformIO Core eu instalei pela linha de comando, então esse ponto já faz referencia direta ao Linux:

Pronto, nesse ponto já temos tudo o que precisamos para programar no CodeBlocks. Agora é hora de programar.

Criando um projeto

Abra um terminal, crie um diretório para seu projeto e entre nele. Eu criei para o meu projeto real um diretório chamado DFRS e então o acessei:

Agora criamos a estrutura do projeto com um comando simples:

O parâmetro init é procedido pela IDE  a ser utilizada; no caso, codeblocks. Em seguida, seleciona-se a board desejada. Se estiver na dúvida como sua board está sendo referenciada, basta utilizar o comando para listar todas as plataformas suportadas:

Enfim, a criação do projeto com o comando de criação da estrutura resultará em uma saída assim:

Programar Arduino usando CodeBlocks

Nessa imagem você vê as dicas para compilação e upload. São comandinhos básicos que certamente nenhum programador reclamará de executá-los, considerando que pra acender um LED digitamos umas 4 vezes mais.

Como orientado pela saída do comando, foram criados os diretórios src, onde devemos colocar nossos fontes, e lib, onde devemos colocar bibliotecas que não são diretamente do nosso projeto.

Programar Arduino usando CodeBlocks

Agora é hora de programar. Execute o CodeBlocks, abra o projeto criado e adicione seus arquivos ao diretório src. Para criar os arquivos, basta ir em File > New > File…

Você pode compilar e fazer o upload pela própria IDE, através do menu Build.

O último detalhe; o arquivo que você abrirá relacionado ao projeto se chama platformio.cbp.

Invés de um arquivo .ino, estou construindo uma biblioteca, então optei por criar uma classe no menu File. No caso, uma biblioteca para Arduino, então o .cpp e o .h ficam no mesmo diretório. Se optar por criar uma classe, basta fazer dessa maneira:

Programar Arduino usando CodeBlocks

Em seguida será questionado se deseja incluir a classe ao projeto. Opte por “sim”.

Programar Arduino usando CodeBlocks

E nos targets, apenas confirme também:

Programar Arduino usando CodeBlocks

Agora é só codificar, com auto-completação! Apenas atente-se em criar sketches com a extensão .cpp. Repare na imagem de destaque desse artigo.

Programar Arduino usando CodeBlocks

Siga-nos no Do bit Ao Byte no Facebook.

Prefere twitter? @DobitAoByte.

Inscreva-se no nosso canal Do bit Ao Byte Brasil no YouTube.

Nossos grupos:

Arduino BR – https://www.facebook.com/groups/microcontroladorarduinobr/
Raspberry Pi BR – https://www.facebook.com/groups/raspberrybr/
Orange Pi BR – https://www.facebook.com/groups/OrangePiBR/
Odroid BR – https://www.facebook.com/groups/odroidBR/
Sistemas Embarcados BR – https://www.facebook.com/groups/SistemasEmbarcadosBR/
MIPS BR – https://www.facebook.com/groups/MIPSBR/
Do Bit ao Byte – https://www.facebook.com/groups/dobitaobyte/

Próximo post a caminho!