Linux

Como tratar interrupções no PIC

Interrupções no PIC

Se estiver procurando algo mais elaborado com interrupções no PIC, recomendo esse excelente artigo sobre interrupções com PIC.

Tive problemas sérios ao programar um PIC16F877A pela por falta de experiência. O Arduino é um excelente controlador para muitos projetos, muito alto-nível, mas não dá (via IDE) o poder de controle sobre o processador, tal como é no PIC. Em contrapartida, não é nada simples programar um processador PIC e não adianta fazer ‘de ouvido’, tem que ler o datasheet e tem que ter diversos conceitos. Aos poucos vou juntando conceitos e documentando em meu blog, não esperem nada especialista tão cedo, mas  interrupções no PIC já é um dos recursos que estou quase dominando.

Um engenheiro da Itautec me deu uma dica muito importante; estudar interrupções no PIC. Então fazendo algumas pesquisas a respeito, encontrei esse excelente video:

Os exemplos em código são assembly, porém basta seguir a lógica e escrever em C – no meu caso, em MikroC. O importante é prestar atenção no chaveamento, o que são as interrupções, o que são periféricos, a independência do núcleo em relação aos periféricos e as chaves gerais.

interrupções no PIC
interrupções no PIC

Esse video me ajudou a elucidar algumas questões em relação ao tratamento de interrupções no PIC, de forma que reescrevi completamente um código de comunicação RS485 entre PIC e Arduino e acredite, até para o Arduino ficou melhor utilizando a interrupção serial adequadamente.

Note a diferença em relação ao post sobre RS485 com Arduino; a complexidade do código aumentou na mesma proporção que o circuito. Infelizmente não poderei disponibilizar o código atual por fazer parte de um projeto, mas escreverei algo a respeito porteriormente, dessa vez o post é apenas para indicar o video. Boa diversão!

Se gostou, não deixe de compartilhar; dê seu like no video e inscreva-se no nosso canal Do bit Ao Byte Brasil no YouTube.

Prefere seguir-nos pelo facebook? Basta curtir aqui.

Prefere twitter? @DobitAoByte.

Próximo post a caminho!

2 comments

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: