LinuxMIPSRaspberry

Como renomear interface de rede no Debian Stretch

Meus caros amigos e leitores, me perdoem, mas não vou conseguir escrever esse artigo sem adjetivos. E não me referirei jamais ao sistema Debian/Raspbian, eles são os melhores, mas minha revolta é exclusivamente com o systemd, que nos obriga a renomear interface de rede para um nome legível. Quanto ao uso de adjetivos, explico o porquê.

Interfaces de rede no Linux

Antigamente era assim; eth para ethernet, wlan para wireless. Ponto. Daí veio o “revolucionário” udev e começou a cagar nos nomes de interface de rede. A partir desse momento, as interfaces ainda eram legíveis, mas não eram mais intuitivas. Com isso, a primeira vez que o sistema é iniciado, a maioria dos usuários que administram sistemas Linux já criavam o famoso /etc/udev/70-persistent-net.rules, com uma sintaxe nada intuitíva, mas ao menos se resolvia em um reboot. Ficava mais ou menos como:

Agora com o novo Debian (inclua-se o Raspbian, que também é um Debian, mas compilado para ARM), estamos nos deparando com o terror dos terrores – o systemd. Por qual razão alguém por sí só cagaria de tal forma ao nomear uma interface assim?

Nominho safado - renomear interface de rede
Nominho safado – renomear interface de rede

Olhe a resposta mais cagalhona que você vai ler hoje:

comentário - renomear interface de rede
“previsível”

“Predictible”, pra quem não sabe, significa “previsível”. Parece previsível pra você esse nome de merda? Imagine executar o comando ifconfig em um servidor com 2 ou mais interfaces. O comando “sempre” deverá ser executado 2 vezes; uma pra ler o nome e a outra pra manipular a interface. Pode ser “previsível para o sistema, mas esqueceram (o pessoal do systemd) a interface com o usuário. E esqueceram de muito má vontade, porque não custava nada implementar algum tipo de link simbólico para nomes intuitivos. Peguemos como exemplo /dev, onde o comando MAKEDEV (ou mknod) relaciona o dispositivo real que está em /sys/dev/block/  e dá realmente um nome previsível a ele. Por isso acho inaceitável o comportamento do systemd no que se refere ao tratamento das interfaces de rede.

renomear interface de rede

Mas enfim, se você está lendo esse artigo é porque se deparou com esse problema no Debian ou no Raspbian. Fique tranquilo, tem solução. Tão intuitiva quanto o nome de interface; “basta” linkar /dev/null ao diretório do systemd que trata das interfaces de rede. Mas enfim, pra resolver o problema, faça o bendito link simbólico:

Reinicie o sistema e você terá algo como:

wlan0 - renomear interface de rede
wlan0 – renomear interface de rede

Pronto, nosso amado Debian/Raspbian novamente lindo!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (62 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Inscreva-se no nosso newsletter, alí em cima à direita e receba novos posts por email.

Siga-nos no Do bit Ao Byte no Facebook.

Prefere twitter? @DobitAoByte.

Inscreva-se no nosso canal Do bit Ao Byte Brasil no YouTube.

Nossos grupos:

Arduino BR – https://www.facebook.com/groups/microcontroladorarduinobr/
Raspberry Pi BR – https://www.facebook.com/groups/raspberrybr/
Orange Pi BR – https://www.facebook.com/groups/OrangePiBR/
Odroid BR – https://www.facebook.com/groups/odroidBR/
Sistemas Embarcados BR – https://www.facebook.com/groups/SistemasEmbarcadosBR/
MIPS BR – https://www.facebook.com/groups/MIPSBR/
Do Bit ao Byte – https://www.facebook.com/groups/dobitaobyte/

Próximo post a caminho!