DIY

As minhas ferramentas de bancada

ferramentas de bancada

Logo inicio projetinhos com ESP32, Raspberry Pi e Orange Pi e pretendo fazer videos dos processos pra ver se fica legal. Antes que eu comece, decidi fazer uma prosa pra falar das ferramentas que acho fundamental ter na bancada. Vou compartilhar em alguns grupos pra ver se recebo mais sugestões e dicas. Então, não espere um tutorial dessa vez, ok?

Ferramentas de bancada




Eu gosto muito de microcontroladores e sistemas embarcados, principalmente quando o sistema é Linux. Mas nem sempre é possível montar projetinhos só com módulos prontos; soldar uns componentes, colar umas peças e prototipar em um shield são algumas tarefas adicionais de um maker. Por isso resolvi mostrar minhas ferramentas de bancada pra mostrar as comodidades que tenho, não sendo um especialista em eletrônica. No video de uma prototipagem que farei em outro artigo mostro o uso e explico também o porque de minhas escolhas.

Estação de solda

ferramentas de bancada - estação de solda

Durante muito tempo fiquei querendo uma estação de solda, principalmente pela ponta agulha, que auxilia bastante na soldagem de componentes SMD. Há pouco tempo trabalhei em uma empresa e o engenheiro chefe me mostrou como fazer uma boa solda. Primeiro, aquecer ambas as peças que receberão o estanho, porque se colocar a solda sobre a peça fria, o estanho simplesmente “abraça” a peça e em um curto tempo começam os mal contatos. Outra questão é a temperatura e tempo de exposição à temperatura. Com uma estação de solda você pode selecionar a temperatura conforme o datasheet ou conforme apropriado. Outra vantagem é o aquecimento rápido do ferro, diferente dos ferros de solda comuns. Ter uma base de apoio, a esponja de limpeza do ferro e feedback da temperatura atingida são adicionais que dão maior conforto e me auxiliaram muito em minha organização na hora de fazer minhas brincadeiras. Estanho, eu gosto de usar o de 0.3mm pela precisão, não sou muito bom em controlar o derretimento desses estanhos de 1mm.

Na UsinaInfo você encontra essa estação de solda Hikari baratinha.

Morça de bancada

morça - ferramentas de bancada

Quando comprei, fui levado pela empolgação do preço. Quando chegou, pensei:

– Pra que uma morça de bancada?

Levou um tempo até eu ver um video onde um cara usava a morça de bancada adequadamente. Era pra prender a peça a soldar. É muito melhor que aquele suportezinho com garra jacaré! Fiquei bastante satisfeito com o resultado e a partir de então a morça virou uma peça fundalmental em minhas aventuras com a estação de solda.



Você encontra alguns modelos diferentes e bem mais legais que a minha nesse link da UsinaInfo.

Lupa de bancada

lupa - ferramentas de bancada

Há algum tempo eu comprei uma lupa espetacular pra ler componentes e verificar solda. Principalmente porque como citei mais acima, tive uma bela aula de soldagem (que ainda não aplico tão bem pelo pouco uso da ferramenta) e uma outra coisa que não pode acontecer é excesso de estanho, “bolotas” e falhas. Tenho um dispositivo forense de interceptação de redes (que também uso para fazer sniffing da comunicação ethernet com Raspberry, Arduino e afins, como você pode ver nesse link) e para montá-lo era um tanto trabalhoso, porque os componentes são pequenos e os pontos de solda são mínimos. Daí eu fazia a solda sob a luz de uma lâmpada próxima, então pegava minha lupa com LED e checava quais pontos precisavam ser reparados. É chato fazer assim, por isso agora estou usando essa lupa de bancada da UsinaInfo, que me deixa as mãos livres, tem uma área para deixar os componentes (agora não perco tempo procurando os componentes mais) e na lente tem um aumento extra com uma pequena área onde tenho uma ampliação melhor do que com a lupa de mão. Além disso ela também tem iluminação por LED, assim não preciso ficar procurando uma posição que não faça sombra; aliás, agora consigo fazer minhas plaquinhas de protótipo sem acordar a esposa.

Tem um video de apresentação da lupa, me convenceu:

Pinça para componentes SMD

pinças - ferramentas de bancada

Eu comecei tentando fazer a solda de componentes SMD sem a pinça. Foi só frustração, simplesmente não dá ou, se alguém consegue, deve sofrer um bocado. Eu tenho uma de cada, porque me sinto mais à vontade quando utilizo a ferramenta certa, mas apenas uma já resolve praticamente qualquer problema. Dê uma olhada nos modelos disponíveis na UsinaInfo através desse link.

Multímetro

ferramentas de bancada - multímetro

Na UsinaInfo tem uns multímetros muito loucos, mas como sou apenas um maker, optei por um modelo mais simples. Esse aqui já acho bastante interessante, mas tem uns que fazem meu coração palpitar.

Eu uso poucas funções dele, mais pra tensão e continuidade mesmo.

Estilete

estilete - ferramentas de bancada

Gosto de usar estilete pra descascar fios, cortar fita isolante e coisas pequenas assim. Como uso muito palito de sorvete em projetinhos, o estilete acaba sendo uma ferramenta essencial. Na UsinaInfo tem uns estiletes de precisão e estiletes comuns, mas gosto muito de usar faca olfa também. Dê uma olhada aqui.

Óculos de proteção

Eu corto muita coisa com micro retífica. Uma vez enchi os dois olhos com poeira de madeira. A partir daí comecei a tomar mais conciência, porque se fossem fagulhas de metal, talvez eu estivesse escrevendo esse artigo hoje com o Dragon Naturally Recognition. É um item barato demais para não ter.

Porque estou escrevendo sobre isso?

Bem, não dá pra fazer algo permanente só com jumpers, Arduino e protoboard, hum? E vou montar um projetinho com shield de prototipagem para o Raspberry Pi, daí resolvi mostrar o que eu particularmente sinto ser essencial para mim numa bancada. Claro que tenho outras ferramentas para diversos propósitos, mas essas são as que uso com maior frequência. E você, teria sugestões a respeito?